Tecnologia automotiva: conheça 5 tendências para carros de passeio

Em 1990 o filme “De Volta para o Futuro II” tentou prever como seriam os carros no ano de 2015. E apresentou modelos que voavam e funcionavam a base da transformação de lixo em combustível. Infelizmente, essas previsões não se confirmaram, mas a tecnologia automotiva trouxe novidades que, talvez, sejam mais interessantes do que sair voando por aí.

Carros conectados à Internet, com funcionalidades semelhantes a um computador, econômicos, práticos e fáceis de serem dirigidos. E não se engane: se antes as grandes novidades estavam reservadas aos veículos mais luxuosos, atualmente a tecnologia está presente até mesmo em modelos de entrada.

Conheça 5 tendências para carros de passeio:

1. Machine Learning

O Machine Learning, ou aprendizado de máquina, é um conceito que vem ganhando força nos últimos anos. A medida em que a tecnologia vai invadindo e automatizando diversas atividades, os computadores vão ganhando cada vez mais o poder de evoluírem com base em programações anteriores.

Basicamente, o Machine Learning é um método no qual algoritmos são desenvolvidos na automação de máquinas a partir das experiências passadas, aperfeiçoando cada vez mais a atuação dos computadores.

Nos carros, cada vez com mais tecnologia embarcada, a cada modelo que sai de fábrica, uma nova funcionalidade é apresentada ao público, e vai sendo aperfeiçoada a partir do uso diário. Um exemplo concreto de como o Machine Learning é aplicado é no desenvolvimento de carros autônomos. A cada situação vivida no trânsito, novos algoritmos são desenvolvidos para que o carro possa se locomover adequadamente.

2. Conectividade

Qualquer carro, atualmente, já possui uma enorme quantidade de recursos de conectividade. Não acredita? Então dê uma olhada no interior do seu veículo e confira quantas entradas USB ele possui.

Rádios e softwares com tecnologia bluetooth também garantem a conexão do veículo com qualquer aparelho que possua o recurso.

3. iCar

Quando se fala em tecnologia, é preciso se falar em Apple. E a gigante do Vale do Silício, que revolucionou o mundo dos smartphones ao lançar o iPhone, se prepara para entrar no mercado automotivo com o iCar.

Na verdade, há muita especulação e poucas confirmações sobre o projeto. Sabe-se que o iCar seria a reprodução de um modelo que já roda pelos corredores da empresa há algum tempo. A ideia dos executivos é apresentar ao mercado um carro autônomo, com todas as funcionalidades de um iPhone e que funcione com motores elétricos.

Não se sabe o estágio do desenvolvimento do projeto e nem a viabilidade de se vender o automóvel em massa. Pode ser que ele sirva como conceito para que outras montadoras desenvolvam projetos em parceria. Mas, é bom ficar de olho.

4. Gadgets

Gadgets são acessórios que podem ser conectados ao carro para agregar um maior número de funcionalidades a ele. E esse é um mercado que vem crescendo cada vez mais.

Atualmente, até mesmo o mais básico dos veículos já possui uma tomada de 12V, que permite conectar desde aspiradores de pó portáteis até um scanner que permite fazer toda a leitura do funcionamento do motor do veículo para saber sobre a necessidade de manutenção ou de revisão de itens.

5. Internet das Coisas

A Internet das Coisas é um conceito que explica o fato de aparelhos de todos os tipos estarem conectados à rede. E com o seu carro não é diferente. Já existem modelos que vêm equipados com roteadores internos, capazes de conectar o veículo à Internet, permitindo que você utilize tecnologias como o Spotify ou o MyLink, presente em carros da Chevrolet, por exemplo.

Como você viu, o futuro já chegou e está presente no seu automóvel. É hora de aproveitar os benefícios que a tecnologia automotiva pode proporcionar. Se quiser saber mais sobre este e outros assuntos, siga nosso perfil no Facebook!