Tipos de seguro automotivo: entenda quais são as diferenças

Contar com a proteção de um seguro automotivo é algo indispensável para muitas pessoas, nos dias atuais. Contudo, o que muitos não sabem é que as seguradoras costumam disponibilizar diferentes planos e coberturas aos seus clientes, de acordo com as necessidades e possibilidades de cada um.

Neste post vamos lhe explicar as diferenças entre os tipos de seguro automotivo e ajudar a escolher o ideal para você. Acompanhe!

 

Seguro compreensivo

 

Esse é o seguro automotivo que oferece a maior variedade de coberturas, podendo ser acionado em casos de furto, roubo, incêndio, colisão, queda de raio, alagamento, danos em razão de causas naturais ou causados por terceiros, com perda total ou parcial. Como esse leque de coberturas pode variar, é fundamental conhecer muito bem o seguro compreensivo da seguradora escolhida antes de assinar o contrato.

O seguro compreensivo é indicado para veículos mais novos, com até 10 anos de uso. Isso porque a oferta de peças e serviços para esses modelos costuma ser maior. No caso de veículos antigos, com mercado de reposição e serviços mais restritos, essa modalidade de seguro pode sair mais cara ou nem estar disponível.

 

Seguro contra furto e roubo

 

Para baratear as apólices de seguro e torná-las acessíveis a mais pessoas, a maioria das seguradoras trabalha com planos de cobertura reduzida. Entre eles, você encontrará o seguro exclusivo contra furto e roubo, uma boa opção para se proteger da criminalidade que só parece aumentar.

Porém, é preciso estar atento às condições que esse tipo de seguro costuma impor. Geralmente, o segurado só tem direito à indenização se o veículo não for encontrado ou se for recuperado com danos superiores a 75% de seu valor. Caso contrário, você deverá arcar com o conserto do veículo.

Algumas seguradoras condicionam a contratação desse tipo de seguro à instalação de um rastreador para facilitar a localização do veículo em casos de furto e roubo.

 

Seguro contra acidentes de passageiros

 

É fundamental que quem utiliza o veículo para transportar pessoas, como taxistas e motoristas de Uber, conte com a proteção do seguro contra acidentes de passageiros. Ela garante indenização em caso de necessidade de despesas médicas, invalidez permanente e morte acidental de quem está sendo transportado.

 

Seguro contra danos causados a terceiros

 

Muitas vezes, os acidentes não envolvem apenas uma pessoa, mas também outras no trânsito ao redor. O seguro contra danos causados a terceiros visa indenizar aqueles que sofreram danos materiais, corporais ou morais em um acidente causado pelo segurado.

Além das pessoas, também são considerados como terceiros objetos de propriedade alheia, como carros, muros, portões etc. Essa é uma cobertura adicional, mas muito importante para garantir sua tranquilidade nesses tipos de acidente. Caso contrário, o prejuízo poderá sair do seu próprio bolso.

 

Coberturas adicionais

 

Existem muitas outras coberturas adicionais que podem ser contratadas, tornando a proteção do seu seguro ainda mais completa. Verifique junto à sua seguradora a disponibilidade de assistência médica e mecânica 24 horas, proteção para os vidros, lanternas, faróis, retrovisores, para choque, carro extra, cobertura internacional. Enfim, são muitas opções que poderão deixar o seu seguro automotivo do jeito que você precisa.

 

Seguro DPVAT

 

Esse é o único seguro obrigatório para todos os carros licenciados no Brasil. O seguro DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de vias Terrestres) deve ser pago anualmente ao Estado, que administra esse tipo de seguro.

Sua função é garantir a indenização às vítimas de acidente de trânsito que resultem em invalidez ou morte, além do reembolso de despesas hospitalares.

E então, entendeu as diferenças entre os tipos de seguro automotivo? Que tal agora aprender um pouco mais sobre a importância de fazer uma revisão preventiva no seu veículo antes de viajar?