Quando fazer a troca de óleo e para quê ela serve?

Você sabe quando fazer a troca de óleo no seu carro? Se respondeu não a essa pergunta é bom ler este post até o final. É que o lubrificante é um dos itens mais importantes da manutenção preventiva, além de garantir o bom funcionamento do seu carro e qualquer problema com ele pode trazer prejuízos enormes.

Por que o motor precisa de óleo?

Os motores a explosão são compostos por várias peças metálicas que, ao girarem, geram atrito entre si. E é justamente para minimizar os efeitos deste atrito que existe o óleo automotivo. Assim que você dá a partida, o lubrificante circula pelas partes internas do motor e adere às peças metálicas, fazendo com que o atrito natural entre elas não cause danos.

Você poderia se perguntar: se a função do óleo é apenas lubrificar as peças do motor para que elas não se desgastem com o atrito, por que não utilizamos qualquer tipo de óleo?

Acontece que os lubrificantes automotivos são feitos com tecnologia que aumenta ainda mais a aderência. Além disso, este tipo de óleo é capaz de suportar as enormes variações de temperatura que um motor sofre sem perder suas características originais.

Por que é necessário trocar o óleo?

A medida que os quilômetros avançam, o óleo começa a perder suas propriedades, ficando cada vez mais grosso e menos eficiente na lubrificação das peças internas.

Dessa forma, se o lubrificante não for trocado, o motor começará a ter dificuldades para funcionar. Com o óleo mais grosso, a movimentação das peças internas começa a ficar mais difícil e a vida útil do propulsor diminui consideravelmente.

Se o óleo perder completamente as suas propriedades, o motor pode parar totalmente e será necessário uma retífica para recuperá-lo. Ou seja, o prejuízo vai ser bem grande.

Quando devo trocar o óleo?

A troca de óleo é recomendada a cada 5 mil quilômetros ou seis meses, mas deve-se verificar no manual do fabricante do seu automóvel. E em todas as trocas, não deixe de substituir o filtro de óleo. Como o lubrificante circula pelo motor, as impurezas da parte interna acabam indo parar no reservatório do óleo. Assim, a cada partida que você dá, o filtro retém essas partículas, impedindo o entupimento de canais e válvulas importantes.

Além de cuidar da troca no prazo e quilometragem indicados, é bom verificar o nível do óleo pelo menos uma vez por mês. Dependendo da idade e do uso que você faz do seu carro, pode haver um pequeno consumo do lubrificante.

Para verificar, certifique-se de que o motor tenha sido desligado há pelo menos 10 minutos. Depois, retire a vareta e veja se o nível encontra-se adequado. Se estiver abaixo, você pode completar, mas cuide para que a marca e as especificações usadas sejam as mesmas recomendadas pelo fabricante.

Agora que você já sabe o quanto o lubrificante é fundamental e também quando fazer a troca de óleo do seu carro, cuide para que seu veículo nunca apresente problemas desta natureza. E lembre-se de, na hora de realizar a troca, procurar uma concessionária ou oficina de confiança. Se você ainda tem alguma dúvida sobre o tema, deixe um comentário no final do post!