Poluição automotiva: saiba como seu carro pode reduzir impactos

A poluição automotiva é um tema que vem sendo cada vez mais debatido ao redor do planeta. Sabe-se que os carros são os principais responsáveis pela emissão de gases poluentes e as fábricas têm se empenhado para aperfeiçoar seus modelos, deixando-os menos agressivos ao meio ambiente.

Mas, mesmo assim, existem atitudes que você, como motorista, pode adotar para reduzir os impactos que o seu carro causa no meio ambiente. Desde a forma de dirigir, até a escolha de um modelo menos poluidor, está nas suas mãos cuidar da natureza e do futuro do planeta.

Evite aquecer o motor com o carro parado

Por incrível que pareça, ainda existem pessoas que conservam esse velho e desnecessário hábito. Os carros atuais não precisam ser aquecidos antes de sair rodando.

Antigamente, isso era necessário, principalmente nos veículos movidos a Etanol. O carburador, peça que era responsável pela injeção de combustível, perdia eficiência em baixas temperaturas, fazendo com que o carro falhasse e engasgasse quando era ligado logo de manhã. Assim, era necessário deixar o veículo funcionando por um tempo, emitindo poluentes sem estar rodando, para esquentar o motor.

Com a injeção eletrônica, presente em todos os carros brasileiros, isso não é mais necessário. Os especialistas recomendam que você evite forçar o motor logo na primeira partida, trocando marchas em rotações mais baixas e pisando de leve no acelerador. Mas não é preciso ficar parado esquentando o carro.

Sempre que possível, utilize Etanol

O Etanol é um combustível biodegradável, extraído da cana-de-açúcar. Um produto genuinamente brasileiro. Como é composto por hidrogênio, carbono e oxigênio, o Etanol emite uma quantidade muito menor de poluentes do que a Gasolina, que é um combustível fóssil.

Muitas pessoas deixam de usar o Etanol porque, com ele no tanque, o consumo é maior. Mas o valor cobrado por litro é menor, o que acaba valendo a pena.

E para saber se vale a pena abastecer com Etanol, divida o preço cobrado pelo litro do Etanol pelo valor cobrado pelo litro da Gasolina. Se o valor do combustível menos poluente estiver até 70% do valor do litro da Gasolina, vale a pena optar por ele.

Prefira carros mais econômicos

Já foi o tempo que os carros de motores menores (1.0 por exemplo) eram desprovidos de potência, conforto e equipamentos. Atualmente, a tendência das fábricas é extrair de motores com menor cilindrada a maior quantidade de potência possível.

Por isso, hoje em dia, é possível comprar um carro de baixa cilindrada, com inúmeros equipamentos e força de sobra para encarar ruas e estradas. E com a vantagem de emitirem menos poluição do que aqueles equipados com motores enormes.

Cuide da manutenção preventiva

A manutenção preventiva é fundamental para o bom funcionamento do seu carro. Com o motor rodando em perfeita sintonia, regulagens justas e filtros em dia, o seu automóvel certamente contribuirá mais com o meio ambiente do que um outro que esteja queimando óleo por aí.

Por isso, faça a manutenção periódica corretamente e fique sempre atento ao funcionamento do motor.

Se você gostou deste texto e acha que ele pode ser útil para os seus amigos, compartilhe com eles nas suas redes sociais!